Exposição do tema, avaliação e planejamento marcam primeiro dia da Assembleia Pastoral

Randeclécio Xavier expõe tema da 6ª Assembleia Pastoral ParoquialCerca de 150 agentes de pastorais participam da 6ª Assembleia Pastoral Paroquial desde hoje na E. E. Mons. Celso Cicco. Esse ano o tema proposto para reflexão é"Comunidade de Comunidades - uma nova paróquia".

O evento teve início com a oração realizada pelos sacerdotes locais: Pe. Bianor, Pe. João Maria e Pe. Rogério Barros. Em seguida, Randeclécio Xavier, membro do Conselho Arquidiocesano de Pastoral fez a explanação do tema a partir do que está disposto no Documento de Estudo nº 104 da CNBB. Destacou a divisão em 4 perspectivas: Bíblica, a qual convida para um novo estilo de vida comunitária; teológica - enfatizando a igreja doméstica; os novos contextos: desafios à paróquia, discutindo a relação pessoa x sociedade; e as perspectivas pastorais, onde a partir de uma conversão pessoal envolver a comunidade. "É tempo de parar, saber ouvir, conhecer o outro a partir da realidade proposta pelo Evangelho", disse Randeclécio durante a exposição.

Lembrou ainda que as comunidades devem ser proféticas, quando a sua atenção se volta para a realidade em que vivem; sacerdotal, através da vivência da Eucaristia e da caridade, buscando a direção do Reino de Deus. Para isso conta com o protagonismo dos cristãos leigos, os quais devem assumir o batismo com fidelidade e também colocar seus dons à disposição. Nesse contexto, a setorização territorial e pastoral se faz necessário para que a igreja possa estar mais próximo do povo. Disse ainda da importância do sair, do ir ao encontro, fazendo concreta a experiência do estado permanente de missão.

De acordo com o documento de estudo, a transmissão da fé pode ser realizada através das novas linguagens, ou seja, deve-se incentivar a utilização dos novos recursos de mídia para ampliar a evangelização, de forma a promover um encontro com Jesus através da criatividade, partindo das pequenas comunidades, de forma a favorecer o ministério leigo e estimulando a formação.

No fim da manhã e início da tarde, os setores se reuniram em grupos para avaliar as atividades de 2013, destacando as atividades que deram certo e indicando aquelas que não foram executadas. Pe. Bianor Júnior finalizou este momento indicando que as dificuldades não foram impedimentos para realização de ações e que as visitas intercomunidades continuam sendo válidas para propiciar o entrosamento em cada setor. Observou ainda a importância de algumas ações não serem realizadas como forma de identificar as limitações da realidade em cada comunidade. Por fim, confirmou o cumprimento do objetivo da peregrinação com a imagem de Nossa Senhora da Conceição em preparação à Festa da Padroeira de 2013 e que o choque de datas ainda acontecia em virtude de que alguns grupos ainda não se utilizavam do calendário paroquial para planejar suas atividades.

A outra atividade do dia foi analisar cada uma das 3 ações propostas para cada uma das 5 urgências: IGREJA EM ESTADO PERMANENTE DE MISSÃO, IGREJA CASA DA INICIAÇÃO À VIDA CRISTÃ, IGREJA CASA DA ANIMAÇÃO BÍBLICA DA VIDA E DA PASTORAL, IGREJA COMUNIDADE DE COMUNIDADES e IGREJA À SERVIÇO DA VIDA PLENA PARA TODOS. Os grupos reunidos por setores foram orientados a ter uma visão paroquial e não particular de comunidade/grupo, de forma que poderiam ser feitas as alterações que julgassem necessárias na atividade, no como será realizada, em quem será o responsável por articulá-la ou quando irá acontecer.

Finalizando o dia de trabalho, Pe. Bianor Jùnior lembrou a campanha UM CATECISMO EM CADA LAR, acolheu os novos coordenadores que pela primeira vez participam de uma assembleia pastoral paroquial e deu outros encaminhamentos. A assembleia continua neste domingo a partir das 08h com missa na Igreja de Santa Teresinha.

Desenvolvido pela Pastoral da Comunicação - Paróquia de Nossa Senhora da Conceição (2017)

Área Restrita