Queridos irmãos e irmãs todos os anos quando se aproxima o período do Natal somos bombardeados por uma série de convites feito pelo comércio para comprar o presente de Natal, usando inclusive a figura fictícia do "Papai Noel" como ponto central do Natal, mas sabemos que isso é uma estratégia para estimular o consumismo e que infelizmente o verdadeiro sentido do Natal vem sendo deturpado pelo capitalismo, então para você o que é o Natal?

Na liturgia do Natal, dentro da Missa da Noite (a famosa Missa do Galo), o presidente da celebração assim introduz a assembleia no mistério celebrado ao dizer em umas das antífonas de entrada: "O Senhor me disse: 'És o meu filho, eu hoje te gerei."  O Natal é o momento em que as promessas se cumprem.

Maria tem sua importância dentro do plano de salvação, pois Dela nasce o nosso Salvador: Jesus Cristo. Ela gera em seu ventre o Filho de Deus, "consubstancial ao Pai", portanto, igualmente Deus. Por isso, Maria recebe como primeiro título "Mãe de Deus". Santa Isabel assim se expressou quando recebeu a visita da Virgem: "Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre. Donde me vem esta honra de vir a mim a mãe de meu Senhor?" (Lc 1, 42-43) Aqui entendemos o porquê de Maria ocupar lugar tão importante entre os santos. Ela gera em seu imaculado ventre o próprio Deus. O Verbo encarnado. "O que a fé católica crê acerca de Maria funda-se no que ela crê acerca de Cristo, mas o que a fé ensina sobre Maria ilumina, por sua vez, sua fé em Cristo." (CIC § 487).

{jcomments on}O Tempo do Advento inicia o ano litúrgico, compreendendo quatro semanas que antecedem o Tempo do Natal do Senhor.

A palavra advento vem do latim adventus e significa vinda, chegada. Durante esse tempo, a Igreja espera a vinda do seu Senhor, celebrando-a dentro de uma perspectiva escatológica e histórica, nesta ordem.

As duas primeiras semanas são dedicadas à vinda escatológica de Jesus. Sua volta como Rei e Juiz para julgar o mundo. A Igreja nos exorta à vigilância diante da proximidade da vinda gloriosa de Cristo. A ideia mais destacada neste período é “vigiai, pois não sabemos em que dia ou hora virá o Senhor”.Vivemos nesta constante expectativa.

{jcomments on}

Já vivenciando a festa de nossa padroeira, Maria, da "Imaculada Conceição", se faz oportuno esclarecermos ao nosso devoto povo o significado desse título com o qual a Igreja honra a Sempre Virgem Maria.

Para entendermos o que tal título significa, temos que primeiro entender que todos nós nascemos com a "mancha" do pecado original. Sobre o pecado original nos ensina a Igreja no Catecismo (§397): "O homem (Adão), tentado pelo Diabo, deixou morrer em seu coração a confiança em seu Criador e, abusando de sua liberdade, desobedeceu ao mandamento de Deus. Foi nisto que consistiu o primeiro pecado do homem. Todo pecado, daí em diante, será uma desobediência a Deus e uma falta de confiança em sua bondade."

Página 11 de 11

Desenvolvido pela Pastoral da Comunicação - Paróquia de Nossa Senhora da Conceição (2017)

Área Restrita