O que é Liturgia?

          Mas o que é Liturgia? O que primeiramente vem a nossa mente quando se fala em Liturgia é a santa Missa, sem dúvida é a maior, mais completa e importante celebração litúrgica, mas podemos ver a Liturgia como todos os momentos de reciprocidade entre o homem e Deus em que nos colocamos diante de Deus e assim o glorificamos ao mesmo tempo em que nos santificamos, onde misteriosamente ele nos convoca ao mesmo tempo em que se oferece nas sagradas liturgias.
           “A palavra ‘liturgia’ significa originalmente ‘Obra pública’, ‘serviço, da parte do povo e em favor do povo’” (cf. CIC 1069), é uma ação do povo, assim sendo podemos ver na própria nomenclatura que se trata de algo que é feito por uma comunidade, por um grupo que tem algo em comum, momento em que Cristo cabeça encontra seu corpo a: a Igreja reunida, congregada, mas é valido ressaltar sustentado em Bento XVI que não se trata de um mero encontro, pois aí se encontra também a comunhão celeste. A expressão “liturgia” nos revela que se trata também de uma obra, serviço, dando espaço para participação e colaboração dos ministérios litúrgicos, assim como de todos que celebram.
          A Igreja por sua vez oferece seu louvor e súplica de forma sensível (através de símbolos e sinais: sacramental) e agradável ao pai, agindo “na Igreja e pela Igreja” (cf. SC 7), sendo assim uma ação sagrada, que manifesta a presença de Deus e assim o encontramos. Sustentados nesta concepção a Igreja nos convoca a refletir qual a finalidade de celebrar a Liturgia, qual o objetivo prático em viver a Liturgia, sendo “que os fiéis vivam e deem testemunho dele [Cristo] no mundo” (cf. CIC1068), sendo assim a busca incansável de concretizar a salvação não só quando estamos a viver a Liturgia, mas sim todo o tempo vivendo o que celebramos e celebrando o que vivemos: alegrias, união, louvores, assim como o luto e a dor como suporte e caminho para celebrar a vitória.

Desenvolvido pela Pastoral da Comunicação - Paróquia de Nossa Senhora da Conceição (2017)

Área Restrita